Conheça os vencedores do concurso Moda e Sustentabilidade by verdinha & básica

Saíram os vencedores do concurso Moda e Sustentabilidade de Verdinho Básico, uma comemoração do primeiro aniversário do blog. A ideia era falar sobre a relação e a importância da moda na conscientização sócio-ambiental.

Para ajudar a escolher as três melhores frases, convidei para compor o corpo de jurados três profissionais com diferentes perfis mas que têm em comum a consciência e a atitude ecológica. São elas: Maria Fernanda Franco, do projeto Água na Jarra; Titi, designer e minha sócia na marca verdinha & básica; e Flávia Figueiredo, publicitária eco-friendly, redatora de uma das maiores agências do País.

Cada uma recebeu as frases e escolheu as três melhores. O incrível foi que a escolha das melhores foi unanimidade, mesmo sem nenhuma das juradas terem se falado sobre o assunto. Todas mandaram por e-mail para mim, que já tinha feito as minhas escolhas.

Bom, vou deixar de lado o blá blá blá e ir direto aos vencedores, ou melhor às vencedoras. Cada uma vai ganhar uma camiseta da nova coleção da verdinha & básica. As respostas ganhadoras são:

Nosso modo de usar a moda é o espelho de nossa personalidade. Por isso, a moda tem um poder enorme. A moda deve usar esse poder para ajudar na conservação do mundo. Se a moda for consciente as pessoas usarão consciência, todos os dias, e com o tempo isso se tornará algo tão básico quanto aquele vestido preto.” (Lara Maya Raineri)

A moda esta em todo lugar, ela dita tendências e carrega seguidores por toda parte, independente da classe social. Algo tão abrangente precisa levar consigo uma bandeira por um mundo melhor. Na moda isso pode ser feito de forma natural, incluindo a sustentabilidade no vestir, no usar, no pensar. Pense moda, pense sustentável.” (Camila Tomasi Lopes)

Ter consciência de que o que usamos reflete no nosso ambiente é estar na moda. Devemos pensar que para toda ação existe uma reação e somos responsáveis pelo tipo de reação que queremos obter. Consumo consciente não significa ser ecochato, significa pensar no futuro e no que produzimos à nossa volta. Dar continuidade à vida, seja a minha, a sua, a nossa ou a de qualquer ser vivo, é estar na moda!” (Luana Abdulklech)

Confesso que não foi fácil, mas fiquei feliz com o resultado. A única dúvida ficou em relação à Luana, por ser minha amiga. Mas para não ficar na dúvida, tirei o nomes dela da assinatura da frase ao enviar para as juradas, que não sabiam que ela era a autora mas mesmo assim escolheram-na como vencedora.

Agora, meninas, é só me dizer qual modelo e tamanho vocês querem! Parabéns!

É pique, é pique: 1 ano do VB

O Verdinho Básico faz hoje seu primeiro aniversário. Nossa, um ano. Como passa rápido, mas ao mesmo tempo já parece existir há uma eternidade. Foram 537 posts neste período e muitas conquistas.

Primeiro veio a cobertura “verde” da SPFW para o site da revista Claudia. Em seguida, veio convite da Marie Claire, onde faço a coluna Ecochique na revista impressa e o blog Estilo Ecochique no site.

Neste último ano emplaquei matérias com temas eco-friendly nas revistas Elle e Claudia com as matérias Green is Cool e Ecomães, ecofilhos, respectivamente.

Uma entrevista que fiz com a mergulhadora Céline Cousteau para o Estadão rendeu frutos: uma parceria com este jornal que está presente na minha vida em várias fases – desde quando ainda era foca no Jornal da Tarde, passando pela coluna social do querido Cesar Giobbi até o caderno Planeta, onde escrevo mensalmente.

Para a minha felicidade, o grupo do jornal então chamado Vale Paraibano (hoje, OVale) também acreditou no meu trabalho. Estava lançando sua revista valeparaibano e me convidou para ter uma coluna lá. Mensalmente escrevo um artigo sobre temas ligados ao universo green. Como moro há 2 anos em São José dos Campos, fiquei muito feliz com o convite e com a possibilidade de divulgar ideias sustentáveis para a região.

Mas não acabou aí. O Verdinho Básico foi procurado para ter seu conteúdo no portal da MTV e no site Chic por Glória Kalil. Mas foi aí que entrou o blog Green_Carpet que criei em agosto de 2009 com mais duas amigas, a Giselle Rongetti e a Luana Abdulklech. A ideia é mostrar iniciativas “eco” de estrelas, sejam elas celebridades, produtos ou projetos.

Até modelo eu virei este ano pela causaverde“. A Iódice Denim fez sua campanha de Inverno 2010 com o tema “Atitude é cuidar do mundo” e me convidou para ser uma das caras da campanha. Confesso que minha performance como modelo foi fraca, mas o resultado final ficou muito legal!

Iódice Denim

Como já estava escrevendo para internet, revista e jornal, resolvi expandir mais um pouco e ir atrás de uma mídia que acredito: a camiseta. Por que não passar ideias e conceitos eco-friendly com um visual bacana? Foi aí que eu e minha amiga e designer Titi Franco decidimos fundar a verdinha & básica.

Resolvemos fazer um teste no fim do ano passado, um preview. E deu certo. Em menos de 20 dias as mais de cem camisetas que havíamos produzido acabaram. Foi aí que resolvemos investir nessa, o que significa abrir empresa, comprar tecidos, fazer planejamentos, desenvolver coleção, entre muitas outras coisas. O resultado poderá ser visto no próximo dia 7 de junho, quando chega a primeira coleção completa.

Para comemorar este um ano, o Verdinho Básico lança um concurso cultural amanhã. Os três vencedores vão ganhar uma camiseta verdinha & básica. Aguarde mais informações e fique ligado. Só uma dica para irem pensando: qual a importância da moda na sustentabilidade? O que as liga?

Meus agradecimentos

Enfim, muitas coisas aconteceram e ainda estão rolando. Mas não fiz isso sozinha e devo um “muito obrigada” a várias pessoas que acreditaram neste trabalho. Em primeiro lugar e com certeza o mais importante foi o meu marido, o Setti. Para começar, sem ele o blog nem teria entrado no ar. Obrigada, meu amor, pelo seu trabalho, seja programando ou escrevendo posts, pela sua compreensão aos meus loucos horários de trabalho e por ajudar tanto em casa, o que me dá mais tempo para o Verdinho.

Obrigado a Marina J. Ferreira e a Ana Balbachevsky, minhas estagiárias, assistentes e “verdetes” neste primeiro ano, que me ajudam sempre e principalmente quando estou mais enlouquecida com matérias para entregar.

Em segundo, tenho uma lista enorme. Lucia Barros, obrigada por dar espaço ao Verdinho na revista Claudia. Eliana Sanches, obrigada pela pauta da Elle e apoio de sempre. Camila Lima, obrigada pela oportunidade de trabalhar com você na Marie Claire (onde também devo o meu obrigado à Carla Gullo, Lu Borges e Letícia Massa). Ao amigo Andrew (Andre do Val), thanks por tudo desde o começo – seja na Marie Claire online ou no Chic.

Thanks Sergio Pompeu por acreditar que o meu trabalho pode contribuir para o caderno Planeta. Aqui tenho que agradecer também à Mari Della Barba, por fechar as minhas matérias tão bem. À Cris Bedendo e ao Hélcio Costa, agradeço a confiança e “abertura de porta” em São José dos Campos. Glória Kalil, super thanks pelo apoio ao me tornar “green” e por dar espaço a este tipo de assunto no Chic. À Ana Lúcia Zambon e Carol Agmont, da Zambon,Inc., meu sincero obrigada pelos projetos e indicações. Claudia Alcantara, super obrigada e boa sorte para a gente! Obrigada Valdemar Iódice pelo convite e toda a equipe de marketing pela oportunidade de fazer parte da campanha da Iódice Denim.

Não podia também deixar de agradecer os amigos que de uma forma ou outra, ajudaram nas pautas, deram ideias, feedbacks e até apoio moral. Obrigada, Luana e Gi por acreditarem no Verdinho e fazerem o Green_Carpet. Titi Franco, uma amizade de 25 anos só poderia terminar em sociedade. Tenho certeza que vamos arrasar! Thaissa Lamha, Cris AssisKika (Maria Fernanda Franco), Fernanda CalfatFla Figueiredo, Bia Azevedo, Debora Carvalho, obrigada pelas sugestões de pautas e sempre lembrarem do Verdinho quando topam com algo “ecocool”. Eu devo agradecimentos também à Taís Aline Remunhão, minha amiga e professora da Santa Marcelina que me incentivou sempre com o mundo sustentável e que me conta todas as novidades que descobre referente à ele. Obrigada à

Ao meu sobrinho, afilhado e futuro jornalista Luis Armando, obrigada pelos posts que escreveu. Cami, Lu, Tho, Laumãe e pai, thanks pelas ideias e críticas quando necessárias. Cunha, obrigada por levar minhas matérias à sala de aula. Ao ramo inglês da família Beth Lobo Brennan, thanks for the ideas, informations and hospitality. Nick, to you too. Ah, e pela estadia em Londres. Meus agradecimentos também ao meu sogro Márcio Setti, que hospeda meu Verdinho em seus servidores, e ao meu cunhado Felipe Setti, que fotografou o making of da verdinha & básica.

Agradeço também todos que acreditam que é possível salvar o mundo com estilo. Chiara Gadaleta, obrigada por falar do Verdinho, pelas entrevistas que me fez ou concedeu, pela atenção sempre presente. É um prazer te conhecer e saiba que apoio super o Ser Sustentável com Estilo e todos os seus projetos.

A todos os outros blogs que buscam alternativas sustentáveis, uma boa sorte. Vamos cada vez mais fazer uma corrente eco-friendly.

Enfim, desculpa se esqueci alguém, mas obrigada a todo mundo que me ajudou neste primeiro ano. E que venham muito outros!!!

Related Posts with Thumbnails