Turismo por um mundo melhor

Nova York é um dos destinos preferidos dos brasileiros quando o tema é férias ou ainda fazer compras. Não há quem não fique deslumbrado com a Quinta Avenida ou com um passeio pelo Central Park. Quando o assunto é arte, o The Metropolitan Museum e o Guggenheim são endereços presentes nos roteiros. Para crianças ou intessados em ciências em geral, os museus de História Natural e o Science Hall garantem a diversão. Isso sem falar dos prédios com lindas vistas e áreas descoladas da cidade.

Mas o que muitos desconhecem, ou não dão tanta importância, é para uma das atrações que mais me agrada na Big Apple: a visita ao headquarter da Organização das Nações Unidas. Eu já tinha feito este passeio mas no mês passado fui de novo com duas amigas e meu sobrinho. Apesar de terem perfis e interesses totalmente diferentes – uma publicitária, uma advogada e um estudante de 14 anos -, pude ver que os três adoraram o programa.

Por apenas 16 dólares e sem precisar agendar horário com antecedência, é possível fazer um tour guiado de uma hora e meia e ver a Assembleia Geral, a sala do Conselho de Segurança e conhecer a história, como funciona e vários projetos da ONU e de suas agências afiliadas. Desafios humanitários, sociais e ambientais são embasados em duras realidades e buscam uma solução plausível para ameaças que vivemos hoje em dia.

Um exemplo interessante é o “School in a Box”, em que uma caixa com atividades para 40 alunos é enviada para lugares sem escola para incentivar a educação ou ainda para áreas que sofreram com algum abalo natural ou guerra civil e as crianças perderam seus locais de estudo.

Apesar da dura realidade que é mostrada, como por exemplo dados para apresentar a urgência dos 8 Objetivos do Milênio, o saldo da vista é algo positivo e inspirador. Mostra que tem gente lutando por um mundo melhor e que cada um pode fazer a sua parte, literalmente.

Além do apoio de governos e empresas, a ONU tem alguns programas para pessoas físicas ajudarem, seja com dinheiro ou com sua inteligência e tempo. Isso mesmo. O site www.freerice.com, por exemplo, é um jogo online de perguntas sobre 15 diferentes assuntos. A cada resposta certa, 10 grãos de arroz é doado para o World Food Program das Nações Unidas para acabar com a fome no mundo. Além de se divertir você está ajudando um dos maiores problemas globais. Se apenas 0,01% da população mundial respondesse corretamente uma pergunta 70 milhões de grãos seriam doados.

Enfim, além de engajar a população civil de uma maneira interativa, a visita à ONU ainda oferece acesso a exposições temporárias de fotos ou arte que ficam no lobby do prédio. A entrada da ONU fica na Primeira Avenida entre as ruas 45 e 46. Crianças menores de 5 anos não podem entrar e, dependendo da agenda de atividades, o prédio pode ser fechado. Por isso, consulte sempre o website visit.un.org. Anote e não perca este programa!

(texto escrito por mim e publicado na edição de março de 2012 da revista valeparaibano)


 

Veja vídeos do Chicago Green Festival

Minha ausência é totalmente explicável: férias. E claro que antes e depois fiquei atrapalhada no trabalho. Mas fui para Chicago e Nova York, experimentei vários restaurantes, fui em exposições e vi várias coisas legais, “verdes”, claro. E aos poucos vou trazendo aqui tudo, tudo, ok?

E por falar em Chicago, neste fim de semana, dias 14 e 15 de maio, foi realizado o Green Festival. Queria tanto ter ficado lá para ver…mas infelizmente não deu.

Confira abaixo as entrevistas com Colin Beaven, mais conhecido como “No Impact Man”, e Michelle Kaufmann, uma arquiteta que projetou a Smart Home, a casa mais verde de Chigado que está exposta do Museu das Ciências e da Indústria do Chicago. Fui conferir e é incrível, depois conto mais aqui.

Destino certo: Yosemite Park na Califórnia

Quer se sentir dentro de uma pintura? Vá para Yosemite Park, na Califórnia. Quando uma amiga minha que é diretora de arte de uma renomada revista me falou isso, achei que era exagero. Mas não devia, pois mais cricri com visual do que ela é difícil ser. E ela não estava errada.

Que Yosemite é o berço de sequóias gigantes e ursos de verdade, muita gente já ouviu dizer – o que nem por isso tira o encanto de se deparar com o primeiro e querer não encontrar e ao mesmo tempo fantasiar com o segundo. Mas este parque nacional exibe uma beleza natural diversa e presente mesmo nos mínimos detalhes do seu cenário cinematográfico.

Cachoeiras, montanhas rochosas, vegetação, animais silvestres e rios límpidos encantam até os mais céticos com a natureza. Para quem gosta, então, é um prato cheio. O que se deve saber na hora de marcar a visita é que cada estação do ano traz consigo algumas peculiaridades.

Eu, por exemplo, fui na primavera (abril e maio), época em que as geleiras estão derretendo e por isso as cachoeiras estão cheias de água – um espetáculo imperdível. Contudo algumas partes do parque ainda estão fechadas pois têm altitude elevada e ainda se encontram com neve ou gelo.

Ou seja, primeiro escolha o que você quer fazer e ver lá para saber qual é a melhor época para isso. Clique aqui e veja as características climáticas e da vegetação de cada estação.

Mas não deixe de ir. É um bom passeio que pode ser acompanhado por um bom piquenique nas áreas próprias para isso e que tem “amigos” animais cobiçando sua comida. Fica tranquilo pois não é nenhum urso. São esquilos e patos folgados e abusados que chegam em você pedindo comida. Os americanos adoram dar batata chips ou frita para eles…mas deve fazer um mal…coitados. rsrsrs

Veja abaixo algumas fotos da minha visita.

Turismo sustentável pelo mundo

E por falar em bike (post abaixo), existem vários roteiros de viagens para serem feitos de bicicleta. Lembro que não faz muito tempo que o Estadão publicou a capa do seu caderno de viagem com este tema. Eu e meu marido combinamos que nossa próxima viagem vai ser de bicicleta pelo Vale do Loire, na França. Falam que é maravilhoso! Uma amiga já fez e amou.

Agora, quem não gosta ou não quer viajar de bicicleta mas procura um turismo-consciente, existem algumas organizações especializadas em turismo sustentável e os sites delas ajudam bastante na hora do planejamento. Quem tiver interesse, dê uma olhada. Afinal, as férias estão chegando. 

www.gentle-tours.org 

www.sustainabletravelinternational.org 

www.responsibletravel.com

www.toinitiative.org 

imagem63

Related Posts with Thumbnails