Girls only: absorventes reutilizáveis

Um dos maiores problemas ambientais é o lixo, certo? Pois é, e nós mulheres somos responsáveis por agravar este problema com nossos absorventes todo mês. Cada mulher usa em média 10 mil absorventes em sua vida, que são descartados e agravam ainda mais esta questão. Por que os fabricantes não inventam um absorvente feito com material biodegradável? Sei lá, pode ser à base de milho, batata ou qualquer outro amido. Enfim, esta parte fica com eles, mas aqui vai a ideia.

Outra saída é usar os absorventes internos reutilizáveis, ainda com presença tímida no Brasil mas mais popular na Europa. Já ouvi falar deles diversas vezes, mas não conhecia alguém próximo a mim que usasse. Afinal, para perguntar deste assunto, tem que ser alguém com certa intimidade, né?

Descobri que uma amiga usa há mais de dois anos e virou fã. Ela comprou na Inglaterra um da marca Mooncup, reconhecida pelo FDA (Food and Drug Administration) e ganhadora de vários prêmios “verdes” nos seus 20 anos de existência. Ela disse que é super simples e que é apenas uma mudança de hábito. No começo existe um período de adaptação, que pode ser comparado à primeira vez que se usa um absorvente interno. É preciso aprender como colocá-lo e tirá-lo.

Feito com silicone cirúrgico, ele não contém nenhum ingrediente tóxico. Assim, nenhuma substância prejudicial à saúde entra em contato com o corpo da mulher. E isto já é uma grande vantagem em comparação aos absorventes internos descartáveis pois eles são feitos com algodão “branqueado” de forma sintética e cultivado com o uso de pesticidas e agrotóxicos, já que para os “obs” não é usado o algodão orgânico. Ele é vendido em dois tamanhos: A e B, sendo o primeiro para as mulheres que já tiveram filho ou que tenham mais de 30 anos.

mooncup_box

Mooncup

Pequeno, prático e maleável, ele deve ser trocado a cada 4 ou 8 horas, dependendo do fluxo, e sua vida útil ultrapassa os 10 anos. A cada troca, basta retirá-lo e lavá-lo na pia com sabonete íntimo feminino e recolocá-lo, não precisando esperar. Vem em um saquinho feito com algodão orgânico que pode ser usado para transportá-lo na bolsa ou na mala, em caso de viagem.

Suas adeptas são mulheres preocupadas com o meio ambiente, que não querem gerar mais lixo e buscam atitudes para diminuir sua pegada de carbono. Indicado também para as alérgicas. Um Mooncup sai por R$ 90 e pode ser comprado pelo e-mail mooncup.riodejaneiro@gmail.com

Box A

Box B

Related Posts with Thumbnails