O eco do fashion by Página 22

Uma leitora chamada Aline mandou um comentário para o Verdinho Básico com o link da matéria que a revista Página 22 da FGV fez sobre a indústria da moda, na última edição do São Paulo Fashion Week. Eu sabia que a pauta estava sendo feita, mas ainda não tinha visto publicada. Obrigada, Aline.

Com o título O eco do fashion, a matéria é uma dura crítica – e merecida – ao mercado da moda. Com algumas ironias que beiram o sarcasmo referente ao comprometimento sustentável do SPFW e de alguns estilistas, ela trata de assuntos sérios, relembra o escândalo do uso de trabalho escravo na China pela Nike, fala sobre o upcycling (conceito que apareceu na grande imprensa brasileira em matéria que escrevi para o jornal O Estado de S. Paulo em fevereiro deste ano), de fast-fashion, consumo consciente e até do livro O Império do Efêmero de Gilles Lipovetsky.

Um dos únicos pontos que discordo é quando a repórter Carolina Derivi escreve: “Até a poderosa Osklen, uma das referências do mundo da moda nesse quesito, absteve-se do uso de materiais ambientalmente responsáveis na temporada de verão em 2009. Com o mote “samba”, a coleção esbanjava brilhos sintéticos. À imprensa especializada o estilista Oskar Metsavaht teria dito que nada pode ser mais importante que a liberdade criativa.”

Discordo pois não existe marca ou empresa 100% sustentável e concordo que hoje não haja material “verde” para fazer tudo que se quer. É inviável. E criticar uma empresa que leva isso tão sério por não usar material ambientalmente responsável em uma coleção é injusto. Até porque muitas das outras práticas da empresa continuaram sendo sustentáveis mesmo quando do uso de sintéticos (que conforme seu processo produtivo também pode ter baixíssimo impacto ambiental).

Sem dizer que a reportagem esqueceu de mencionar que nesta última estação a Osklen tingiu todas as peças da passarela de forma natural com base vegetal além de usar algodão orgânico e que na coleção passada também trouxe diversos materiais sustentável como feltro reciclado, palha de seda ecológica, lã orgânica e couro ecológico. Enfim, criticar principalmente a empresa que mais leva esta bandeira à sério não me pareceu responsável.

Mas no final do texto, fica a esperança de que se a moda é capaz de se reinventar, ela será capaz de transformar o consumo desenfreado em sustentável.

Vale a leitura no site Página 22. Clique aqui para ler.

Veja abaixo entrevista que fiz com Oskar Metsavaht na última edição do SPFW.

O mergulho da Osklen @ SPFW

A Osklen trouxe no segundo dia do SPFW uma passarela inteira em diversos tons de azul, começando do mais claro até chegar no marinho. A cor foi escolhida por Oskar Metsavaht, dono e diretor criativo da marca, com base em um mergulho que fez no Caribe e outros no Rio de Janeiro. Não é à toa que a coleção se chama Oceans.

O algodão orgânico marcou presença na coleção, mas a grande novidade ficou por conta do trabalho de tingimento natural que a equipe de estilo fez em parceria com um dos maiores entendedores do assunto, Eber Lopes Ferreira.

Oskar contou que uma semana antes do desfile a coleção estava inteira pronta na cor crua do tecido e que ele e sua equipe se mudaram para o ateliê do Eber para conseguir os diversos tons de azul que brilharam nas passarelas. A experiência, segundo ele, foi incrível. E o resultado, segundo a plateia, também.

Confira abaixo algumas fotos de divulgação do desfile by Agência Fotosite e o vídeo que eu fiz com o Oskar no backstage + imagens do desfile.

O make by Nadine Luke @ Osklen

O backstage da Osklen no SPFW estava uma loucura, mas conseguimos entrar e entrevistar a jamaicana Nadine Luke, make up artist responsável pela beleza do desfile. Assim como o maquiador Marcelo Gomes, Nadine também falou da importância de uma pele bonita e bem cuidada nesse verão.

Nadine Luke

Clique aqui para ver a matéria completa no Green Gloss!

Corridas de rua eco-friendly

Foi dada a largada para as corridas de rua ecológicas. Elas são realizadas em diversas cidades do Brasil. Conheça três delas:

  • Dow Live Earth Run For Water:

Nesse domingo (18/04) acontece em várias cidades de todo o mundo a “Dow Live Earth Run For Water“, esse evento tem o intuito de chamar a atenção para o problema da escassez de água no planeta.

No Brasil elas ocorrem em São Paulo e no Rio de Janeiro, as inscrições são feitas no site www.run4water.com.br.

Além de participar da caminhada você também pode adquirir a camiseta oficial da grife Osklen, ela será vendida em todas as lojas da grife e na loja virtual que pode ser econtrada no site: www.osklen.com.br.

O preço é R$97,00 e sete por cento (7%) do lucro será revertido para o Instituto E, comandado por Oskar Metsavt, dono da gife Osklen. Com esse dinheiro o objetivo é criar projetos que eduquem a sociedade sobre o uso consciente da água.

  • Braskem EcoRun

Criada com o intuito de chamar a atenção da população para problemas ambientais, a Braskem EcoRun começa sua segunda edição em Porto Alegre neste domingo (18/04).

Além de utilizar em sua maioria materiais reciclados e recicláveis, é feita uma conta da emissão de carbono durante a corrida e esta é compensada com um plantio de árvores.

Ela acontece nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Salvador, Porto Alegre e Maceió em diferentes datas.

corrida-ecorun1

DATAS DAS PROVAS:
BRASKEM ECO RUN –
PORTO ALEGRE – 18 de abril de 2010
BRASKEM ECO RUN –
RIO DE JANEIRO – 02 de maio de 2010
BRASKEM ECO RUN –
BRASILIA – 23 de maio de 2010
BRASKEM ECO RUN –
SÃO PAULO – 20 de junho de 2010
BRASKEM ECO RUN –
BELO HORIZONTE – 25 de julho de 2010
BRASKEM ECO RUN –
SALVADOR – 07 de novembro de 2010
BRASKEM ECO RUN –
MACEIÓ – 05 de dezembro de 2010

INSCRIÇÕES NO SITE DA ECORUN !

  • Ecorrida G30k

A corrida de revezamento que começou no Rio no último dia 11, e ainda vai passar por São Paulo, Salvador, Belo Horizonte e Brasília, tem como objetivo chamar a atenção das pessoas para a sustentabilidade, a inclusão, a qualidade de vida e a preservação ambiental através do esporte.

diferença nessa corrida é que ela utiliza apenas material reciclado, além de ter um programa de reciclagem de resíduos e estruturas reutilizáveis, contando também com carros elétricos no local do evento.

modelol-news1

O manual e as inscrições são encontrados online, para que não haja o desperdício de papel, no site: www.ecorrida.com.br.

DATAS DAS PRÓXIMAS ETAPAS:

Salvador: 13/06/2010
Belo Horizonte: 04/07/2010
São Paulo: 05/09/2010
Brasília: 19/09/2010


Vídeo: Osklen na SPFW

A Osklen arrasou nos tecidos eco-fashion. Usou lã orgânica, feltro de lã reciclada, seda ecológica com textura de palha e tressê e, para dar estrutura e forma às peças, o couro ecológico, vindo de borracha natural extraída de seringueiras.

Confira o desfile no vídeo abaixo.

Related Posts with Thumbnails