Rosenbaum lança projeto social

Em parceria com a Vivo e Suvinil, o escritório Rosenbaum lançou nessa última segunda-feira (17/05) um projeto social no Capão Redondo, em São Paulo. Além dessa parceria, o projeto conta com a ajuda da STB – Student Travel Bureau, a Casa do Zezinho e a Motorola.

A Idéia veio da vontade das empresas de transformar a comunidade. Foi assim que se batizou o projeto de “A Gente Transforma Parque Santo Antônio com Suvinil ao Vivo”, que tem a intenção de melhorar essa comunidade a partir da inclusão da arte, da educação e da inclusão digital, e da transformação do espaço por meio das cores.

“O objetivo é transformar o único espaço de lazer daquela comunidade, o Campo do Astro, num espaço comunitário, democrático e em um verdadeiro ponto de encontro”, ressalta o designer Marcelo Rosenbaum, idealizador do projeto.

Time do "Agente Transforma"Foto: Douglas Garcia/AGT

O projeto contém três etapas: mobilização, capacitação e transformação. Já estão previstas a inclusão de 100 trabalhadores da região formados pela Suvinil e uma inclusão digital possibilitada pela Vivo, com a implantação de computadores ligados a internet na nova biblioteca que também será construída nesse projeto.

Além disso, 30 estudantes universitários de cinco universidades brasileiras e uma inglesa terão a chance de ter uma jornada intensiva de 7 dias na Comunidade.

Para serem selecionados os alunos precisam pertencer aos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Design de Interiores, Design de Produtos e Artes Plásticas. As inscrições estão abertas desde segunda-feira (17/05) no site www.agentetransforma.com.br. O custo da passagem, da estadia e da alimentação serão pagas com a parceria da STB – Student Travel Bureau.

Veja abaixo um vídeo feito por alunos da Belas Artes onde Marcelo Rosenbaum fala desse seu novo projeto!

Para saber mais sobre o projeto de Marcelo clique aqui!

Celulares sustentáveis e que não gastam bateria: o verde pegou a telefonia – discount cocktail dresses

Depois do lançamento do celular reciclável e neutro em emissão de carbono da Motorola (veja o post aqui no VB), agora foi a vez da Sony Ericsson lançar algo parecido. Apesar de menos ambicioso que o da Motorla, os novos celulares da empresa vão gerar uma emissão de carbono cerca de 15% menor do que os modelos tradicionais. Mas a boa notícia é que isso faz parte de um plano mais ambicioso da empresa de cortar cerca de 20% das suas emissões de carbono até 2015. Ponto pra eles!

Agora a boa notícia mesmo na área de telefonia “verde” fica com uma promessa da Nokia. A empresa conseguiu produzir um protótipo de um celular que se carrega sozinho, sem ter que colocar na tomada.

O princípio é simples: com tantas ondas magnéticas gerada por aí (TVs, celulares, discount cocktail dresses, radios, antenas) o celular consegue capturar grande parte dessas ondas e transformá-las em energia elétrica e mandá-las para a bateria. Assim, enquanto está em stand-by o celular aproveita essas ondas e se recarrega.

A ideia é antiga. Desde o fim do século 19 já se conhece a teoria para fazer isso acontecer. O problema é que, até hoje, os equipamentos necessários para capturar essas ondas do ambiente usavam mais energia do que recebiam. A Nokia conseguiu criar um circuito que capta cerca de 5 miliwats e gastando bem menos que isso para fazê-lo. Se chegar a gerar 20 miliwatts já é possível deixar um telefone em stand-by para sempre. Mas para conseguir carregar o telefone, discount cocktail dresses, são precisos cerca de 50 miliwatts, que a empresa pretende chegar em 2 a 3 anos. Só aí este tipo de equipamento deve chegar ao mercado. Agora é só torcer pela Nokia!

c901_greenheart_image13

Save

Related Posts with Thumbnails