Green Hot List – para casa

Já que demos dicas de moda, beleza e tecnologia para a Green Hot List, hoje chegou a hora de saber o que você não pode deixar de fazer na sua casa para cuidar do Planeta. São ideias para todos os bolsos e gostos.

16. Produtos de limpeza podem ser um problema pois algumas marcas usam substâncias nocivas ao nosso corpo e à natureza. Prefira os com ingredientes naturais. No Brasil tem a Cassiopéia. Ou, se você preferir, use vinagre, sal e limão para substituir alguns produtos. A revista Veja fez uma matéria sobre isso. Clique aqui para ver.

17. Na hora de decorar a casa, que tal biojoias? A linha Be Simple faz colares de paredes com sementes que são lindos. O trabalho é feito com uma comunidade local por uma ONG matogrossense que visa o desenvolvimento econômico da área. É eco que super chique.

besimple

18. Móveis reciclados são uma escolha bem consciente. Em vez deles virarem lixo, é possível recuperá-los e transformar em algo atual e cool. Se você é do meu time, que não é muito boa nisso, saiba que existem lojas que fazem este serviço. Uma que transforma móveis velhos em incríveis é o Estúdio Glória.

Estúdio Gloria

19. Mas se você quer comprar algo novo de madeira, prefira sempre aquelas que você sabe que vêm de área reflorestada. Para ter certeza que você está evitando o desmatamento, aposte nas peças feitas com madeiras certificadas. Isto também serve para quando você vai comprar um piso de madeira. Outra opção é o taco e a tábua feitos com bambu.

20. Na hora de comprar eletrodomésticos e eletrônicos, invista naqueles com energia eficiente, que gastam realmente o que precisam. A Electrolux criou uma lavadora que tem um sistema de reaproveitamento de água, a Turbo Economia. A marca tem também o aspirador de pó Ultra Silencer Green. Ele tem 55% da sua estrutura produzida com materiais recicláveis e consome 20% menos energia elétrica que os aspiradores tradicionais.

electrolux

Green Hot List 2010 – Tecnologia

Seguindo a Green Hot List para 2010, agora é a vez da tecnologia. Porque não basta inovar tecnologicamente. É preciso fazer isso pensando no bem estar do planeta. Ultimamente cada vez mais produtos são criados, não apenas para trazer um novo recurso, mas também para fazer isso de forma mais “verde”.

Vamos à lista.

11. Novo Macbook Pro, com case de alumínio, da Apple. Feito com alumínio reciclado e tela de vidro, esse computador não traz nenhuma peça que use PVC, fazendo com que seja menos danoso ao meio ambiente. Mais ainda, o Macbook Pro vem com tela de LED que reduz em 30% o consumo de energia. E, como se não bastasse, a própria embalagem é de 30% a 40% menor do que o normal, reduzindo os gastos com papelão.

redesigned20090828

12. Para quem quer reduzir o consumo de energia de seus equipamentos eletrônicos, a dica são os carregadores solares. Para o IPhone já existem diversos modelos com vários recursos. Alguns carregadores tem uma bateria interna própria que fica carregando mesmo quando o IPhone não está plugado nele. Depois é só aproveitar a energia acumulada.

iphonesolar-pm

Ainda para quem anda sempre com mochila nas costas, carregando notebook, celular, mp3 e outros gadgets, já existem mochilas com painéis solares que alimentam estes aparelhos.

backpack-silver6v

13. Sucesso de vendas nos Estados Unidos, finalmente chegou ao Brasil o Kindle, leitor de livros eletrônicos da Amazon. A grande vantagem do Kindle em relação a outras gerações de leitores é que ele não utiliza tela de LCD ou LED como nos computadores e sim uma tecnologia que é conhecida como tinta eletrônica que quase não gasta bateria e dá a mesma sensação de se ler no papel.

kindle2_leakedshot2

14. Para se transportar e ajudar o planeta, existem várias opções. Talvez a mais conhecida e divulgada seja o carro Flex. Já está mais do que na hora de trocar os carros a gasolina e os poluidores a diesel por um flex. Mas não basta trocar o carro. É preciso começar a usar álcool combustível no lugar da gasolina.

Para quem quiser arriscar mais tencologia, vêm aí os carros híbridos, com motor elétrico e combustão, muito mais limpos que qualquer outro. Um exemplo é o Volt, da GM.

gm_volt_61

15. Mas talvez a forma mais fácil de lidar com a poluição seja, para quem pode, pegar a boa e velha bicicleta. Aí não tem erro.

Green Hot List de beleza para 2010

Como ontem falei de moda, hoje resolvi atacar o universo da beleza. E algumas coisas não podem faltar na penteadeira “verde”. Invista nos itens a seguir que a satisfação é garantida!

6. A atriz Julia Roberts disse que esta é a sua bíblia de beleza. Escrito por Sophie Uliano, Gorgeously Green traz um passo-a-passo com 8 etapas básicas para ter uma vida eco-friendly. Lá é possível ver produtos que fazem mal para a sua saúde e a do planeta. Traz dicas para você ficar bonita e saudável de bem com a natureza. É incrível e é um livro para deixar na cabeceira ao lado de Green is the new Black.

Clique abaixo para comprar:
Gorgeously Green: 8 Simple Steps to an Earth-Friendly Life

georgeouslygreencover

7. Já falamos aqui, mas se você não experimentou agora é a hora. Aposte em esmaltes sem formaldeído. A Revlon e a Colorama trabalham sem este ingrediente há algum tempo.

O formaldeído é usado como conservante e muitos são tóxicos. Em contato com a pele pode causar alergia, dor no peito e nas juntas e cansaço crônico. Ele aparece mais normalmente com os nomes de hidantoína, imidazolidinyl urea e diazolidinyl urea.

esmalte revlon

8. Os brasileiros adoram shampoo que fazem espuma, né? Quanto mais, melhor. Pois é, mas o que muitos não sabem é que o responsável pela espuma é um ingrediente bem polêmico. O lauril sulfato de sódio ou lauril éter sulfato de sódio além de provocar dermatite é considerado por alguns pesquisadores como cancerígeno. A opção é procurar produtos que têm na composição lauryl glucoside ou decyl glucoside. Eles não fazem tanta espuma mas tenha certeza que limpam do mesmo jeito!

O shampoo Éh Cosméticos Orgânico , o Natura Mamãe e Bebê e alguns da Kiehl’s são alguns exemplos. No exterior já é muito mais fácil achar e marcas como Burt’s Bees, L’Óreal, Aveda e Avalon Organics são algumas delas.

Outro ingrediente muito comum e que também deve ser evitado é o parabeno e seus derivados. Eles alteram a função hormonal, principalmnte do estrógeno, e pesquisas mostram que aumentam o risco de câncer de mama. A Kiehl’s tem um shampoo livre de sulfato e parabenos. É ótimo. Você lava e o cabelo parece ficar áspero. Aí é só colocar o creme da mesma linha que ele fica uma delícia.

kiehl's

9. Você precisa investir em pelo menos um cosmético orgânico. A linha Açaí Ekos da Natura tem um esfoliante corporal maravilhoso. Eles usam açaí orgânico. A Orgânicos Cadiveu tem uma máscara capilar hidratante e um creme para o corpo de manga tropical, ambos cultivados de maneira orgânica, que são divinos!

cadiveu_1368

10. A equipe brasileira da Johnson’s & Johnson’s desenvolveu uma escova com cabo feito 40% de plástico reciclados pré-consumo, a Eco Reach. Ou seja, em vez de descartar estes materiais atóxicos que sobraram em outros processos industriais, a empresa os aproveita para fazer esta escova. E o melhor, ECO é de ecológica e econômica, quebrando o tabu que produtos “verdes” são mais caros.

ecoreach-verde

“Pelo fato de reutilizarmos a matéria-prima, conseguimos diminuir o custo final e manter características sofisticadas”, conta Fernanda Folgosi, gerente de marketing da Reach. O preço sugerido é de R$ 1,49. Eu gostei tanto que comprei uma para minha mãe e uma para o meu marido, que também aprovaram!

Green Hot List – os básicos

O ano começou e nada melhor do que colocar as resoluções para 2010 em prática. É por isso que quero dar uma ajuda “verde” para incrementar a sua lista. Trago hoje 5 itens fundamentais na Green Hot List para 2010. Cada dia desta semana, novas dicas para começar um ano consciente.

1. Depois de um fim de ano pós-COP15 com todo mundo falando sobre mudanças climáticas e meio ambiente, não há mais desculpas para não se preocupar com o assunto. Por isso, o ponto de partida é um kit eco-básico para o dia a dia.

Nele não pode faltar: uma eco bag para carregar as compras, uma garrafa reutilizável para colocar água e mug para tomar café no trabalho. Além, claro, de um cesto separado para recolher lixo reciclável.

sigg

2. Ainda no básico, um item presente em todo guarda-roupa é a camiseta. Seja com manga ou regata, invista em um modelo ecológico em algodão orgânico ou feito com fios reciclados. Podem ser encontradas em várias lojas e por diversos preços.

Tem desde na C&A e Marisa até na American Apparel, Osklen e Redley. Tem também a nossa camiseta, da verdinha & básica. A primeira edição esgotou e a segunda chega em março.

v&b

3. Outro curinga é o jeans, seja em saia, short, calça ou jaqueta. Opte pelo jeans orgânico ou feito com algodão reciclado, como uma coleção da Levi’s.

Você sabia que o cultivo de algodão usa 25% do pesticida do mundo e ela representa somente 3% da agricultura mundial? Estes pesticidas são responsáveis pela intoxicação e morte de muitos trabalhadores. Então, abra o olhos!

eco_levis

4. Que tal um chinelo ou sapatilha reciclável feita com plástico reciclado? A Melissa tem alguns modelos lindos e a Goóc faz sandálias de pneus reaproveitados (que para quem não sabe geram muito lixo de difícil descarte).

melissa_vivienne

5. E para terminar a lista fashion de hoje, um must have mega importante é a eco-bíblia “Green is the New Black”. É sério, se você não leu, vale a pena comprar, ler e deixar na cabeceira. Traz dicas de moda, beleza, comportamento, além de importantes informações de consumo consciente. Comprei na Amazon.

greenisthenewblack-book

Feliz 2010! E a Green Hot List!

Feliz Ano Novo!!! Depois de 10 dias de férias na fazenda, estou de volta ao meu computador super animada para começar o ano. 2010 vai ser show! Tenho certeza!

Bom, mas apesar das férias, não parei de pensar em coisinhas eco-legais. Fiz uma hot list com as 20 coisas verdes essenciais para 2010.

Para não colocar tudo em uma dia, vou fazer desta primeira semana do ano a Green Hot List Week. Cada dia trago 4 itens, pode ser? Amanhã (segunda) começo a postar a lista dos must have.

Em tempo, a revista Veja fez um especial falando que 2010 é o ano zero da economia limpa. Especial, aliás, que é bem legal. Vale a pena ler.

abudhabi

Related Posts with Thumbnails