Bolsas de folha de bananeira para o verão

O retorno da estilista carioca Isabela Capeto ao Fashion Rio foi triunfal. Ela fechou a temporada de moda por aqui e arrasou. Isabela sempre se preocupa em reaproveitar tecidos e fazer algo ecosocial nas suas coleções.

Neste desfile, fez um trabalho com o Instituto Realice que fez a caixa das bolsas com folha de bananeira. Veja abaixo foto (Agência Fotosite) e o vídeo que gravei com ela no backstage e no desfile.

icap_v11_007

Sacos de cimento viram bolsas

A Cavalera trouxe para sua coleção uma linha com mais de 50 modelos de bolsas e carteiras feitas com sacos de cimento usados assinada pelo estilista Rogério Lima, d’ A Fábrica. E para quem acha que upcycle não é a nova tendência do momento ou ainda que upcycle é sinônimo de produção de peças bonitinhas, atenção! Estas peças são sofisticadas, cool e irreverentes.

A ideia veio da reforma do showroom d’ A Fábrica, quando dia após dia e chuva após chuva, os sacos permaneciam ao lado de fora e intactos. Foi aí que Rogério Lima resolveu usá-los como matéria-prima para acessórios, o que resultou numa parceria com a empresa Camargo Corrêa, que disponibiliza as sobras de sacos de cimentos.

Em tempo, upcycle é dar um up em algo que viraria lixo ou seria descartado. É usar algo existente e no fim da sua vida útil do jeito que ele é/está. Diferente do reciclado, onde o material passa por um processo físico ou químico para ser reutilizado de alguma maneira.

Os preços das bolsas e carteiras na Cavalera variam de R$ 389,00 a R$ 1.149,00 (a maior).

bolsa4_blog

bolsa1_blog

bolsa3_blog

bolsa2_blog

Heineken vira bolsa eco

A cerveja com embalagem na cor verde – leia-se Heineken – resolveu cair de cabeça na ideia de que “green is the new black” e transformar suas lonas impressas com propaganda da marca em bolsas.

Pena que a ação só é feita em Porto Rico. A  iniciativa é muito boa! Dá uma olhada no vídeo abaixo.

Bolsa verde da Hermès

Vi no site da maison francesa Hermès (que é lindo por sinal) uma foto muito bacana e literalmente verde. Não venho falar de nenhum quesito ecológico e sim simplesmente da cor. Apesar da empresa valorizar e trabalho de artesãos franceses há mais de um século e fazer produtos que propiciem o consumo consciente, por serem atemporais e duradouros. Gostaria de compartilhar a imagem com vocês. Bom dia!

imagem310

Related Posts with Thumbnails