Aplicativos de chocolate orgânico

Quem disse que chocolate orgânico não pode ser tecnológico também? Definida como a próxima geração desta delícia, a parisiense IChocolates é o presente ideal para geeks ou apaixonados por IPhone, Ipod Touch e IPad.

Uma caixa com layout igual ao destes gadgets eletrônicos traz 20 bombons de chocolates em formato dos aplicativos (mais conhecidos com Apps) e dispostos da mesma maneira encontrada nos produtos da Apple.

il_430xn140231791

il_430xn140755146

Todos os ingredientes utilizados são orgânicos (certificados pela Certisys) e os chocolates são livres de conservantes e sabores artificiais, além de terem o selo de Fair Trade (comércio justo) – o que garante bons salários e condições aos agricultores de cacau, entre outras coisas. A empresa não utiliza óleo de nenhuma árvore proveniente de florestas, o que pode ameaçar a vida de diversas espécies.

A cobertura usada é amarga e feita 100% com manteiga de cacau de diversas origens. Os recheios aparecem em quatro sabores compostos por carameloFleur de Sel“, ganaches de cacau do Equador e de ilhas do Caribe, café, avelãs e amêndoa doce.

il_430xn140231790

Esta delícia pode ser comprada pelo site da iChocolates por 35 euros ou na Etsy por 47 dólares + frete de entrega. Para quem quer algo exclusivo, a caixa pode trazer 20 chocolates personalizados.

il_430xn140231789

il_430xn140231788

E além da “Classic Edition“, a IChocolates desenvolve edições limitadas para datas comemorativas. Uma foi criada especialmente para o dia das mães. Mas corre, pois esta já está acabando!

il_430xn140755147

iPad: sem lixo e reciclável

Eu preciso de um iPad!!! Não quero parecer uma fã neurótica da Apple (apesar de ser e estar encantada com este lançamento), mas realmente este gadget chegou para mudar conceitos e comportamentos.

tela-ipad

Vamos pensar um pouco comigo. É um único produto que tem as funções de um netbook (email, browser de internet, agenda telefônica, calendário e espaço para escrever texto), de livro, caderno, revista ou jornal (e-reader), tocador de música (iPod), video game, álbum de foto (e porta-retrato), tela de vídeo, diversas opções de software e traz 3 lojas online (iTunes para comprar músicas, App Store para comprar softwares e iBook para comprar livros). Além disso é feito com alumínio e vidro recicláveis, tela iluminada por LEDs e sensível ao toque. Para quem sente a falta de um teclado, ele pode ser encaixado no iPad que vira uma tela (e pode ser retirado na hora de sair de casa).

ipad

Ou seja, adeus de vez aos CDs (que viram lixo) e aos livros em papel (mais lixo). Além disso você pode carregar milhares deles em um só lugar que pesa 680g (Wi-Fi) ou 730g (Wi-Fi + 3G). Ah, tem isso, você pode comprar a versão que é como um computador com conexão somente por Wi-Fi, ou pode ainda escolher a opção de Wi-FI + 3G, onde com o chip do celular é possível acessar à internet. Na verdade ele é um iPhone maior e melhorado.

Seu tamanho é de 24cm por 19cm e tem capacidade de 16GB, 32GB ou 64GB. Seu processador de 1GHz foi criado especialmente para o iPad e chama Apple A4. Ele garante alta performance e consome pouca energia. A bateria aguenta 10 horas de uso contínuo ou 1 mês em stand by.

Para quem não gosta quando o iPhone fica com as marcas de dedos, o iPad chega com uma película que impede deixar impressões digitais pela tela.

O vidro utilizado no display é livre de arsênico e a camada de LCD é livre de mercúrio. Além disso o iPad não usa nenhum componente de PVC nem BFR, substância proibida na Europa e criticada nos Estados Unidos que é normalmente usada para prevenir que aparelhos eletrônicos peguem fogo. Estudos mostram que ela pode fazer mal à saúde quando em contato com a pele de seres humanos e de animais.

imagem-apple

Enfim é cool, eco e chique!

O verde chega ao IPhone

Não é nenhuma surpresa, é claro. Com todo o incentivo que a Apple dá a causas como a sustentabilidade, já era de se esperar que começassem a pipocar aplicativos “verdes” para o IPhone.

Fazendo uma busca pela AppleStore, logo se dá de cara com vários aplicativos para ajudar o meio-ambiente. Eles se dividem, basicamente em 3 categorias:

Os aplicativos que realmente ajudam o usuário a ser mais verde. São programas que calculam os gastos e emissão de CO2 do seu carro, que mostram como melhorar os hábitos do dia-a-dia, entre outras ferramentas. Nesta área, os destaques são para o GreenMeter e o CarCare.

A segunda categoria são os aplicativos que usam o GPS e a localização do usuário para ajudar o planeta. São aqueles que, por exemplo, mostram onde estão as estações de reciclagem mais próximas e onde estão as lojas mais “verdes” na redondeza. Nesta categoria vale a pena conferir o 3rdWhaleMobile e o Carbon Tracker. Uma pena que, por enquanto, só funcionam para informações nos EUA.

Por fim, a mais numerosa categoria é aquela de softwares que se propõe a chamar a atenção sobre fatos do meio ambiente. Normalmente trazem dicas diárias, sem muita interação com o usuário. Aqui se destacam o The Green Lemur e o Get Green.

E, o melhor de tudo, é que muitos desses aplicativos são gratuitos. Então não tem desculpa para não usá-los! E fica aí a nossa dica para os brasileiros: onde estão nossos aplicativos verdes para o IPhone?

imagem21

imagem22

imagem20

O melhor monitor do mundo é… verde!

No final do ano passado a Apple, fabricante dos Ipods e Macs, lançou o seu mais novo monitor para computadores com grande estardalhaço. E o barulho veio não apenas por causa da qualidade e da tecnologia, mas principalmente por ser a mais “verde” das telas para computadores e TVs.

Em primeiro lugar, o novo monitor usa tecnologia LED, em contraste com as conhecidas LCD e Plasma das telas convencionais. A diferença é que a nova tela é iluminada por trás através de leds, pequenos dispositivos que emitem luz como se fossem uma lâmpada, ao contrário das telas de LCD tradicionais que usam lâmpadas que contém mercúrio. A ausência desse metal pesado já é uma boa notícia para o meio ambiente. O uso dos leds também faz com que o consumo de energia das telas de LED seja menor. Mais um ponto para a tecnologia.

Mas telas de LED, embora uma novidade, não são exclusividade da apple. Então, para tornar as coisas mais atraentes, a Apple foi além. Em primeiro lugar, fez com que toda a estrutura do produto fosse de alumínio, material que pode ser facilmente reciclável. Todo o vidro que protege a tela também não contém arsênico, outro material danoso ao meio ambiente. Por fim, a empresa investiu em tirar o PVC dos cabos e componente internos e ainda colocou embalagens que usam o mínimo de material possível.

Tudo isso sem perder a classe. A tela é simplesmente deslumbrante. Vinte e quatro polegadas de imagens brilhantes com um design que enche os olhos. Isso é ecologia com estilo.

imagem5

Related Posts with Thumbnails