O mergulho da Osklen @ SPFW

A Osklen trouxe no segundo dia do SPFW uma passarela inteira em diversos tons de azul, começando do mais claro até chegar no marinho. A cor foi escolhida por Oskar Metsavaht, dono e diretor criativo da marca, com base em um mergulho que fez no Caribe e outros no Rio de Janeiro. Não é à toa que a coleção se chama Oceans.

O algodão orgânico marcou presença na coleção, mas a grande novidade ficou por conta do trabalho de tingimento natural que a equipe de estilo fez em parceria com um dos maiores entendedores do assunto, Eber Lopes Ferreira.

Oskar contou que uma semana antes do desfile a coleção estava inteira pronta na cor crua do tecido e que ele e sua equipe se mudaram para o ateliê do Eber para conseguir os diversos tons de azul que brilharam nas passarelas. A experiência, segundo ele, foi incrível. E o resultado, segundo a plateia, também.

Confira abaixo algumas fotos de divulgação do desfile by Agência Fotosite e o vídeo que eu fiz com o Oskar no backstage + imagens do desfile.

Algodão orgânico na British Colony

Até que enfim!!! Ontem vi o primeiro tecido de algodão orgânico do evento! A volta da British Colony foi magnífica, super elogiada por todos os críticos de moda. E foi também esta grife que fez as peças “verdes”. São feitas com malha de algodão orgânico e elastano. Este tecido chama Fine Sixty e é da Lunelli.

Lingeries de algodão orgânico

Camisetas, jeans e vestidos de algodão orgânico são as peças normalmente feitas com este tipo de tecido, que não leva agrotóxicos. Mas cada vez mais estão aparecendo empresas que fazem lingerie com ele, o que faz todo sentido pois a peça entra em contato com partes íntimas do corpo da mulher e do homem.

No Brasil, algumas linhas aparecem (e desaparecem), dependendo da coleção. Mas algumas marcas garantem sempre ter este produto. É o caso da Un.i, marca da empresa Universo Íntimo que garante peças antialérgicas. Calcinhas e sutiãs de algodão orgânico chegam em diversas modelagens e cores. São básicos, delicados e femininos.

Para o inverno 2010, a linha Eco Organic está disponível nas cores camomila, cacau, algodão doce e iogurte. Já a campeã de vendas Navy Eco Organic traz estampas listradas com o azul náutico e branco e detalhes em vermelho, o rosa claro com branco e acabamentos em pink e o azul claro com branco e elásticos e laços em laranja. As calcinhas custam na faixa de R$ 20 e os sutiãs cerca R$ 50, variando para mais e menos conforme o modelo.

Lingerie

Lingerie

Já para os mais descolados, a American Apparel tem peças de underwear unisex feitas com 100% de algodão orgânico. São cuecas em seis opções de cores vivas com elástico, detalhes e costuras em branco (R$ 40). Além disso, a marca americana vende as modelagens femininas biquini (R$ 34) e thong/fio dental (R$ 20). Além de poder comprar pela nova “store online” no Brasil, é possível encontrar na loja da American Apparel na Oscar Freire, em São Paulo.

Lingerie

Unisex

Unisex

*As imagens foram retiradas do site oficial das marcas.

Related Posts with Thumbnails