Turismo por um mundo melhor

Nova York é um dos destinos preferidos dos brasileiros quando o tema é férias ou ainda fazer compras. Não há quem não fique deslumbrado com a Quinta Avenida ou com um passeio pelo Central Park. Quando o assunto é arte, o The Metropolitan Museum e o Guggenheim são endereços presentes nos roteiros. Para crianças ou intessados em ciências em geral, os museus de História Natural e o Science Hall garantem a diversão. Isso sem falar dos prédios com lindas vistas e áreas descoladas da cidade.

Mas o que muitos desconhecem, ou não dão tanta importância, é para uma das atrações que mais me agrada na Big Apple: a visita ao headquarter da Organização das Nações Unidas. Eu já tinha feito este passeio mas no mês passado fui de novo com duas amigas e meu sobrinho. Apesar de terem perfis e interesses totalmente diferentes – uma publicitária, uma advogada e um estudante de 14 anos -, pude ver que os três adoraram o programa.

Por apenas 16 dólares e sem precisar agendar horário com antecedência, é possível fazer um tour guiado de uma hora e meia e ver a Assembleia Geral, a sala do Conselho de Segurança e conhecer a história, como funciona e vários projetos da ONU e de suas agências afiliadas. Desafios humanitários, sociais e ambientais são embasados em duras realidades e buscam uma solução plausível para ameaças que vivemos hoje em dia.

Um exemplo interessante é o “School in a Box”, em que uma caixa com atividades para 40 alunos é enviada para lugares sem escola para incentivar a educação ou ainda para áreas que sofreram com algum abalo natural ou guerra civil e as crianças perderam seus locais de estudo.

Apesar da dura realidade que é mostrada, como por exemplo dados para apresentar a urgência dos 8 Objetivos do Milênio, o saldo da vista é algo positivo e inspirador. Mostra que tem gente lutando por um mundo melhor e que cada um pode fazer a sua parte, literalmente.

Além do apoio de governos e empresas, a ONU tem alguns programas para pessoas físicas ajudarem, seja com dinheiro ou com sua inteligência e tempo. Isso mesmo. O site www.freerice.com, por exemplo, é um jogo online de perguntas sobre 15 diferentes assuntos. A cada resposta certa, 10 grãos de arroz é doado para o World Food Program das Nações Unidas para acabar com a fome no mundo. Além de se divertir você está ajudando um dos maiores problemas globais. Se apenas 0,01% da população mundial respondesse corretamente uma pergunta 70 milhões de grãos seriam doados.

Enfim, além de engajar a população civil de uma maneira interativa, a visita à ONU ainda oferece acesso a exposições temporárias de fotos ou arte que ficam no lobby do prédio. A entrada da ONU fica na Primeira Avenida entre as ruas 45 e 46. Crianças menores de 5 anos não podem entrar e, dependendo da agenda de atividades, o prédio pode ser fechado. Por isso, consulte sempre o website visit.un.org. Anote e não perca este programa!

(texto escrito por mim e publicado na edição de março de 2012 da revista valeparaibano)


 

Related Posts with Thumbnails

Speak Your Mind

*