Pernas cansadas, má circulação e dor nas costas? Livre-se delas!

Com o passar da gravidez a gente vai ficando mais pesada, a circulação vai piorando e as pernas vão ficando mais cansadas. Noite passada, por exemplo, eu quase não dormi. Não havia meio de achar uma posição boa que não doesse as costas. Sem contar as cãibras nas pernas.

Pois é, desde o quarto mês de gravidez eu estou tendo dores na lombar e no ciático. Fiz fisioterapia e tudo. Agora, tenho que fazer alongamento e “manutenção”. Mas a barriga cresce e não tem jeito. Então a gente tem que se apegar a algumas dicas para minimizar o mal estar. Afinal, é um incômodo muito pequeno se comprado à satisfação de sentir o bebê mexendo.

Então vamos lá. Para as pernas inchadas ou doloridas, algumas simples receitinhas e cremes ajudam muito. Primeiro, uma vez por dia coloque as pernas para cima. Deite com o quadril contra uma parede e deixe as pernas retas e erguidas. Assim, o sangue “muda um pouco de sentido”. Sempre que puder, sente ou deite com as pernas para cima, na altura do quadril pelo menos. Eu estou escrevendo este post com a perna sobre aquelas bolas de pilates, sabe?

Para quem está com pequenos vasos aparecendo e a circulação ruim, invista nas meias para grávidas. Eu não gosto de meia calça, pois não quero nada justo na barriga. Uso a versão até o  joelho ou ainda 7/8.

E para as pernas cansadas, um escalda pé e um bom creme dão um alívio especial. Ótimo fazer antes de dormir. Eu, por exemplo, adotei os sais de banho com óleos essenciais de eucalipto e limão (U$ 9) e o creme para pés e pernas com óleo de menta e extrato de alecrim (U$ 10), ambos da Burt’s Bees e 100% naturais.

Quem estiver com cãibras, o melhor é tomar um banho quente pra relaxar os músculos e fazer alongamento na cama antes de dormir. Mas se hidratar com muita água durante o dia também ajuda muito a prevenir essa dorzinha chata.

Agora, a dor nas costas, pra mim, é o pior. Aprendi que a chave para minimizar é fortalecer a barriga. Isso mesmo. Minhas fisioterapeutas aqui mandaram eu fortalecer mesmo, então faço abdominal, agachamento, ponte e outros exercícios. Um banho de banheira morno (não pode ser muito quente, hein?) com sais de banho foi o que me salvou hoje.

E, para terminar, use as cintas para grávidas. Elas aliviam que é uma beleza. Minha irmã tinha me dado uma e estava guardada. Um amiga me lembrou e minha vida mudou depois que comecei a usá-la.

Espero ter ajudado ou inspirado as futuras mães ou mesmo qualquer pessoa cansada e que está sentindo algum dos desconfortos mencionados acima.

Em tempo, experimentei mais dois produtos para hidratar e nutrir a barriga, principalmente, mas que servem para o corpo inteiro. Um é o óleo de limão e amêndoas doce da linha Mama Bee (U$8) e o outro é o Mama Bee Belly Butter (U$ 13), uma mistura, entre outras coisas, de manteiga de Karité, cacau e jojoba.

Related Posts with Thumbnails

Comments

  1. Olá, tudo bem?
    Parabéns pelo lindo Blog! Os conteúdos daqui nos chamou atenção.
    Você tem um email para contato direto?

    Att,

    Stefani Costa

  2. oi Stefani, tudo bem? muito obrigada. meu e-mail é alice@verdinhobasico.com.br ;-)
    abs

Trackbacks

  1. [...] do título com o link.  Quando estava grávida, postei Xô estrias + pele hidratada, parte II e Pernas cansadas, má circulação e dor nas costas? Livre-se delas. No inverno, escrevi Lábios naturalmente hidratados. E para as mamães, ou melhor para os bebês, [...]

Speak Your Mind

*