Diminua e neutralize a sua pegada de carbono em 2012

Mais uma Confederação das Partes da Organização das Nações Unidas pelas Mudanças Climáticas chegou ao fim no mês passado. Mas, desta vez, algumas resoluções foram assinadas. Ainda bem, pois o fracasso da COP15 e da COP16 foi vergonhoso e não podia se repetir.

O Protocolo de Quioto, que termina em 2012, foi renovado de 2013 até 2017, período em que os países têm de reduzir em 24% a 40% suas emissões de carbono (com base nos dados de 1990). Mas a boa notícia é que os maiores poluidores do mundo, os Estados Unidos e a China, que não são signatários do protocolo, se comprometeram a entrar em um acordo global para redução de emissão de Gases Efeito Estufa (GEE) a partir de 2020.

Tudo parece tão distante, mas não são só os governos que devem ter esta preocupação. A grande verdade é que cada um pode tentar diminuir sua pegada de carbono, ou seja, reduzir as próprias emissões de gases poluentes no mundo. E, mais do que isso, neutralizar o que não puder ser evitado. Isso mesmo.

Para reduzir, as dicas são simples: economize energia elétrica, troque as lâmpadas de casa por LEDs, prefira aparelhos com carregadores solares, use menos gás na sua casa, deixe seu carro na garagem sempre que possível e pedale, encare um transporte público ou ande a pé, produza menos lixo, recicle o que pode e tente fazer uma composteira em casa para transformar lixo orgânico em adubo para as plantas.

Agora, não vai ser de mim que vocês vão ouvir a “dica” de deixar de viajar ou pegar um avião. Sou super a favor do turismo, de conhecer novas culturas e países. Mas, para fazer isso sem peso na consciência, neutralize seu passeio, o que pode ser feito plantando árvores de matas nativas ou ainda comprando créditos da bolsa internacional de carbono.

Algumas empresas e ONGs sérias estão no mercado brasileiro e trazem no seu site uma calculadora para você computar suas emissões não só de férias e viagens, mas do gasto do dia a dia em casa e com deslocamentos. Depois disso é clicar para neutralizá-las. Um valor referente ao plantio das mudas nativas será cobrado e varia de R$ 14 a R$ 17 reais por árvore, o que equivale à neutralização do consumo médio mensal de eletricidade de uma casa com duas pessoas.

A organização Iniciativa Verde e o Banco da Árvore são dois exemplos que merecem atenção. Dá uma olhada no site deles e calcule suas emissões de CO2. E você, já neutralizou sua pegada de carbono? Que tal colocar na sua lista de tarefas para 2012?

(coluna escrita por mim e publicada na edição de janeiro de 2012 na revista valeparaibano)

Related Posts with Thumbnails

Speak Your Mind

*