Fraldas biodegradáveis e fashion

Já ouviram falar da The Honest Company? Na minha busca por fraldas descartáveis biodegradáveis descobri esta empresa que foi fundada no início deste ano (2012) por ninguém menos que a atriz Jessica Alba.

20121114-153830.jpg

Unindo consciência ecológica e design fashion, as fraldas são lindas e deixam as mães sem peso na consciência de estar gerando tanto lixo.

No site da marca é posível pedir uma amostra de graça para experimentar. Meu kit acabou de chegar e nos próximos dias posso falar o que achei das fraldas e dos lenços umedecidos, ambos livres de químicos nocivos, como ftalatos, formaldeídos, parabenos, triclosan, lauril sulfato de sódii e muitos outros. As fraldas levam na sua composição derivados de plantas em vez do plástico que vem do petróleo.

20121114-153931.jpg

E quando se pede uma amostra funciona assim. Depois que recebe a mercadoria, o cliente tem 7 dias para cancelar sua afiliação se não gostar ou não quiser fazer parte do programa da empresa. Caso contrário, um carregamento de fraldas e lenços umedecidos para 30 dias chegará na porta da sua casa por 80 dólares mensais mais o valor frete. E o cliente ainda pode escolher as estampas que mais gosta.

Ah, e a empresa também faz produtos de limpeza e de higiene. Vale a pena conferir no site www.honest.com

Uma boa ideia para empresas brasileiras, não?

Aveda: aromaterapia em cosméticos

Como muitos de vocês já sabem, sou super alérgica e não posso usar shampoos e sabonetes que tenham lauril sulfato de sódio. Fiquei ainda mais exigente e chata depois que fiquei grávida. Dizem que as alergias pioram, e mais do que nunca quero colocar em contato com a minha pele somente produtos suaves e super confiáveis.

Um dos meus maiores pesadelos no Brasil era achar shampoo livre de sulfatos. Já aqui nos Estados Unidos a tarefa é bem mais fácil. Desde que cheguei resolvi experimentar a dupla shampoo + condicionador da linha de alecrim (rosemary) da Aveda, uma empresa fundada em 1978 com o objetivo de fazer produtos com ingredientes botânicos de alta performance que sejam saudáveis para os consumidores e para o planeta.

A Aveda compra seus ingredientes de cultivo sustentável que visa o desenvolvimento local de diversas comunidades dos quatro cantos do mundo. Seu primeiro produto orgânico foi feito em 1994 e a empresa é uma das maiores compradoras de insumos orgânicos da indústria da beleza. Hoje, 90% dos óleos essenciais e 89% das ervas usados como ingredientes são certificados orgânicos.

Voltando aos produtos, eu adorei. Estou usando há 4 meses e ainda estou apaixonada por eles. Têm um aroma energizante e dão uma sensação refrescante. É um banho de aromaterapia, literalmente. O shampoo (10,50 dólares, 250ml) limpa sem ressecar os cabelos e o condicionador (10,50 dólares, 250ml) deixa os fios suaves sem ficarem oleosos. Super recomendo!

Outro produto desta linha que provei e aprovei (ainda quando estava no Brasil) é o refrescante e cheiroso Rosemary Mint Body Lotion (23 dólares, 200ml). Este hidratante corporal é feito com alecrim orgânico certificado, aloe vera orgânica, lavanda orgânica certificada, hortelã orgânica certificada, manjerona orgânica certificada, mentol, vitamina A e E.

Ele deixa a pele macia e seu aroma também relaxa a alma. Uma delícia. E não é gorduroso como muitos cremes que são produzidos e vendidos em lugares onde o frio é muito intenso, como nos Estados Unidos e na Europa.

Outros dois produtos que tenho usado e deixado na bolsa e na cabeceira, respectivamente, são os cremes para mãos (Hand Relief) e para os pés (Foot Relief). Ideais para hidratar, eles também dão uma sensação de relaxamento. A embalagem de 125ml de cada um custa 20 dólares. Já o kit com um pote travel size de 40ml de cada + um de 125ml de cada sai por 44 dólares.

ONU faz retrospectiva 2011

Antes de começar os posts de 2012 resolvi colocar um vídeo muito bom que a Organização das Nações Unidas fez. É uma retrospectiva de 2011. Fala de conflitos, acidentes naturais, fatos, dilemas socioambientais e problemas que aconteceram em vários países do mundo.

No fim, o maior desafio de 2012: economia verde. E a ONU declarou este o Ano Internacional da Energia Sustentável. O vídeo também menciona a Rio +20, evento que será sediado no Rio de Janeiro 10 anos após a Eco 92, também realizada na capital fluminense.

“Sete bilhões de pessoas precisam de energia limpa para ler, de uma agricultura sustentável para se alimentar e de oportunidades e trabalhos decentes para viver uma vida digna e próspera”, finaliza o documentário, que tem a duração de 12 minutos.

Assista! Vale ressaltar que contém imagens fortes.

Xô estrias! Karité na pele já!

Faz mais de duas semanas que estou para colocar este post, mas sempre uma coisa ou outra me impede de entrar e postar. Enfim, acho que vou conseguir escrever. rsrsrs

Uma das grandes preocupações estéticas das grávidas é em relação às estrias que podem aparecer na barriga, nos seios e até nas coxas, para aquelas que engordam mais. Lembro que quando uma prima estava grávida ela me falou que, quando eu engravidasse, não podia esquecer de usar creme de manteiga de Karité. Lembro que ela usava da L’Occitane. Depois, outras amigas me disseram o mesmo e afirmaram que este creme era incrível e que super funcionou. Ou seja, nada de estrias pós gravidez.


Resolvi, então, experimentá-lo. Como sou mega alérgica e queria algo mais natural possível, entrei na L’Occitane e perguntei se eles tinham creme de Karité na linha para bebê. Para minha boa surpresa, eles têm. Sempre peço produtos para bebês, pois imagino que sejam os mais suaves possíveis. E sei que esta marca trabalha com ingredientes naturais orgânicos e certificados. Ótimo para minha pele, minha alergia e para o planeta.

Comprei dois. Um hidratante desta linha “mamãe e bebê” com 5% de Karité para colocar nos braços e pernas, e um pote de bálsamo super concentrado com 40% de manteiga de Karité para passar na barriga, seios e região do quadril. Já estou usando faz 3 semanas e estou amando!!! Super recomendo.

E mais, o bálsamo é feito com 100% de ingredientes naturais e também leva óleo de girassol e coco, extratos de calêndula e aveia e vitamina E. A manteiga de Karité é orgânica e vem de comércio justo (Fair Trade). O produto leva o selo Ecocert. Aqui nos Estados Unidos o pote de 50ml custa U$ 24 e o de 150ml sai por U$ 46.

Outra dica: algumas amigas já tinham me falado sobre os cremes da Mustela, que são super caros no Brasil, né? Dizem que são ótimos e tal. Mas ainda não comecei a experimentá-los. Acho que farei daqui um mês, quando a barriga um pouco maior.

Garrafinha-filtro para carregar com você

Outras vezes já tinha vindo para os Estados Unidos e ficado com vontade de comprar essa garrafinha. Agora que tenho que me manter sempre hidratada não pensei nem duas vezes.

Afinal, ficar comprando água em garrafa PET não está com nada. Não preciso nem explicar mais aqui que filtro é muito mais ecológico e que seu bolso também agradece.

Aqui nos EUA todo mundo bebe “tap water”, a água da torneira. Normalmente eu beberia e não teria frescura com isso. Mas estando grávida a gente sempre se preocupa mais, né?

Então resolvi comprar a Bobble (U$ 13 a vesão de 550ml), uma garrafa de plástico livre de BPA (Bisfenol-A) que filtra a água enquanto você bebe. Ela é reutilizável e seu filtro dura dois meses ou 150 litros d’água. Depois isso é só trocar o bico, que é acoplado ao filtro e custa U$ 7. Eles estão disponível em várias cores.

A Bobble também tem em versão mini (385 ml) ou grande (1l), para deixar na cozinha. A de 550 ml é ideal para levar no carro ou na bolsa.

Uma edição limitada da Sophia Bush (bico e filtro bicolor) destina 50% da venda de cada unidade média para a organização The Nature Conservancy, que luta pela preservação da natureza e da vida.

Related Posts with Thumbnails